Ataque de Fofura

"A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados." Mahatma Gandhi

Criação de coelhos

Oi pessoal,

Hoje eu vim falar pra vocês de uma atividade que tem crescido cada vez mais no Brasil: a criação de coelhos. Pois pode ser bem lucrativo.

A carne de coelho está começando a se popularizar no país.  Isso devido a sua carne macia e nutritiva. Além da carne os criadores aproveitam a pele, o pelo, a cartilagem e até mesmo  as fezes  (que viram esterco).

Para quem faz criação doméstica, o investimento não precisa ser muito grande. Mas tem umas coisinhas que são básicas na criação desses animais, como: gaiolas, ninhos, comedouros, bebedouros, comida escífica  e um local coberto. O local em que você escolher, deve ser arejado, para que os colehinhos não sofram muito com as mudanças climáticas. Mas também precisa-se tomar muito cuidado com chuva, sol e ventos, portanto, necessita de uma boa estrutura.

As gaiolas precisam estar altas, sem contato com o solo, pois em baixo das gaiolas, você precisa fazer uma esterqueira. As gaiolas ficam preferencialmente lado a lado. Para cada 10 fêmeas (matrizes) precisa somente de 1 macho (padreador). É preciso ter uma gaiola para cada animal adulto e algumas reservas para os filhotes que vão nascer.

É recomendável que antes do acasalamento, você deixe a coelha descansar por um período aproximado de 30 dias, para que o processo de adaptação ocorra bem. Para o acasalamento você deve observar se a fêmea está no cio ( ela apresenda vulva com coloração rosada, e brilho intenso). Após dez dias, você saberá se ela está realmente prenha, a apalpando  ou verificando sinais como irritação. Caso ela não esteja prenha, você pode leva-la novamente a gaiola do macho. O parto ocorre em média, 30 dias após a cobertura (pode variar uns 2 dias pra mais ou pra menos).  Depois do parto, você deve fazer uma limpeza e coloque pó de serra fino no ninho.

Você deverá limpar diariamente as gaiolas (coelheiras), e fazer uma desinfecção às vezes. Tendo como objetivo eliminar ratos, bactétias, previnir contra sarnas e mofos na ração. Além disso, os animais precisam ser vacinados contra pasteurelose e maxomatose ( que são as doenças mais comuns nos coelhinhos).

Eu particularmente não comeria carne de coelho e nem usaria a pele/pêlo para nada. Coelhos para mim são animais de estimação. Queria deixar bem claro que meu objetivo nesse post não é incentivar ninguém a comer carne de coelho ou criar para vender a pele. E sim, mostrar como funciona essa criação, ok? 

 E você? Comeria carne de coelho?? 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: