Ataque de Fofura

"A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados." Mahatma Gandhi

Tema polêmico: Você concorda com o extermínio de certas raças de cães?

Hoje vim falar de um tema muito polêmico para vocês.  Afinal, a idéia do extermínio de certas raças no Brasil é certo??

Então, o projeto de lei saiu no início de 2010 e vêm se tornando um assunto cada vez mais polêmico. Os alvos principais são os cães da raça Pit Bull, por terem sido considerados pelas autoridades muito agressivos e perigosos a população.  Mas ainda foram citados como raças perigosas (na mesma lei): Rotweiller, Dogo Argentino, Fila, Boxer, Pastor Alemão, Mastim, Doberman, Schnauzer Gigante, Akita, Bullmastif, Cane Corso, Dogue de Bordeuax, Grande Pirineus, Komondor, Kuracz e Mastiff. Onde, os proprietários dessas outras raças deverão tomar certos cuidados como andar com estes animais com focinheira e preso a uma coleira, do contrário, poderiam receber multa, mesmo que o cão seja dócil.

Porém, os proprietários de Pit Bulls deverão castrar obrigatóriamente todos os machos e não haver procriação dos mesmos, e aqueles que não obedecerem às leis poderiam ser multados. Também foi realçado que um animal dessa raça ou mestiço de Pit Bull, poderá ser  sacrificado mesmo em estado saudável quando abandonado pelo dono. Com isso teriam o extermínio nacional da raça.

Mas será que esses cães são assim por natureza agressiva ou por estímulos dos donos? Essas raças são conhecidas por serem cães de guarda eficientes.  Há algum tempo era muito comum de se encontrar rinhas com essas raças, onde os animais passavam por condições de vida terríveis e desumanas, como ficar sem alimento, ficar sem ver nada e nem ninguém e apenas trancados. Com isso os animais se tornavam agressivos e mortais. Mas tudo isso era proveniente de condições que os proprietários ofereciam.

A agressividade de um cão pode ser explicada por diversos fatores como: Dominância, medo, proteção, posse, predatória, maternal, dor, maus tratos, estresse, treinamento e distúrbio comportamental.  Portanto, brigas e ataques são extremamente específico para cada caso.

Por essas coisas, decidi fazer uma enquete para saber o que os leitores do Ataque de Fofura acham dessa idéia de lei. Há pessoas que acham um absurdo a criação desse tipo de raças, mas também há aqueles que defendem a tese de que o dono é o resoponsável pelo cão e pelas suas atitudes.
E você o que acha?

 

Anúncios

3 Comentários

  1. IRMÃODETHAYS

    REALMENTE UM ABSURDO ISSO,SOU TOTALMENTE CONTRA,POIS PRIMEIRO A CULPA NÃO É DOS CÃES,MAS SIM PELO MODO QUE É CRIADO,MUITOS SÃO PRESOS E ISOLADOS PARA O MUNDO DE FORA,ASSIM FICAM AGRESSIVOS.LEMBREM-SE QUE O CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM,E O MAIS FIEL!!

  2. Essas raças só são agrecivas se o dono deixar elas assim porque eles não são monstros!

  3. Um absurdo culpar as raças. O problema é o homem que ensina o cão a ser agressivo. Todo cão criado com amor e carinho cresce fiel e leal sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: